Projeto barriga de tanquinho 2017 – 10 regras fundamentas para emagrecer

Projeto barriga de tanquinho 2017 – 10 regras fundamentas para emagrecer
5 (100%) 10 votos

Com você já aconteceu de estar de regime, praticando esportes para entrar em forma, mas, mesmo assim, não conseguir perder a barriga? Todos queremos ter um abdômen tanquinho, mas a gordura localizada nessa região é a mais difícil de combater.

Vamos dizer quais são os alimentos que você deveria deixar de consumir, para evitar que acumule gordura na região do abdômen. Mas, lembre-se: sempre é bom, quando se quer perder peso ou ganhar massa muscular, consultar um especialista, para que o resultado seja satisfatório.

1. Evite bebidas alcoólicas

bebidas alcoólicas com muitas calorias e outras com menos. Mas isso não influencia tanto. Foi demonstrado que o álcool aumenta o apetite e reduz as inibições. Na verdade, se você prestar atenção, ao tomar uma cerveja, você tende a comer algum petisco para acompanhar, por mais satisfeito que esteja.

2. Não beba refrigerante ou bebidas com gás

Todos sabemos que fazem mal, mas é difícil não consumir principalmente refrigerante. Mas se você ainda assim quer ter um abdômen tanquinho, deve abandonar mesmo aqueles com baixa caloria, porque diminuem o metabolismo e estimulam o organismo a reter gordura.

3. Não compre chiclete

O chiclete cria um efeito reflexo, que faz com que seu estômago se prepare para receber comida. Se você não ingerir alimentos, os sucos gástricos incham seu abdômen.

4. Cozinhe alimentos pobres em sódio

Nenhum extremo é bom. Neste caso, nem o açúcar nem o sal são bons em excesso. Além de serem prejudiciais à sua saúde, se você sofre de pressão alta, os alimentos com alto teor de sódio fazem você reter líquido, o que torna mais difícil adquirir uma silhueta esbelta e um abdômen tanquinho.

5. Diga adeus ao fast food

Não é segredo para ninguém os diversos problemas de saúde provocados pelo fast food, mas se isso não for suficiente para você evitar ingerir esse tipo de alimento, lembre-se de que ele pode ser o culpado pela gordura localizada no seu abdômen.

6. Não use maionese como acompanhamento

Nada mais delicioso do que o molho de maionese na salada ou algumas batatas fritas com maionese. Mas este alimento contém até 80% de gordura. Melhor substituí-lo por purê de legumes ou por um patê de tomate fresco. Aliás, os molhos, em geral, costumam ser uma fonte de açúcar; se der pra evitá-los, melhor.

7. Diga não às batatas fritas

Esta é mais uma delícia a que deve renunciar. As batatas fritas e as frituras, em geral, funcionam como uma esponja, e o organismo acaba absorvendo gorduras saturadas. Além disso, alteram o cérebro de modo que este não consegue regular adequadamente o aviso de saciedade e, com isso, você acaba sendo capaz de comer muito, muito mais do que deveria.

8. Nenhum sorvete!

Isso é bastante óbvio, certo? Alimentos ricos em açúcar acabam formando gordura abdominal e podem até ser perigosos para a saúde.

9. Deixe os alimentos que produzem gases

Mesmo as pessoas mais magras podem ter um abdômen protuberante, por causa dos alimentos que produzem gases ou irritam o intestino. Se for o seu caso, evite-os e adote um pouco de exercício em seu dia, para acelerar a digestão.

10. Não confie em alimentos ’sem açúcar’

Ao menos não neste caso. Os alimentos que substituem o açúcar são bons para as pessoas com diabetes, por exemplo, mas afetam o tamanho de seu abdômen.

DEIXE SEU COMENTÁRIO