5 agachamentos para levantar o bumbum com mais intensidade

Uma em cada 10 mulheres não está satisfeita com a sua forma física. No ranking de insatisfação, as partes do corpo que mais requerem atenção são unânimes entre o grau de insatisfação, são sempre as mesmas, a região do abdômen, gordura localizada, celulite e os glúteos.

Muitas pessoas, por falta de tempo e preguiça, se rendem a cirurgias plásticas deixando as atividades físicas de lado.

Mais saiba que sem muito sacrifício, apenas com uma boa alimentação e força de vontade, se pode mudar o corpo com exercícios simples e fáceis de serem realizados.

Comece eliminando as gorduras saturadas e hábitos nocivos, que contribuem para a formação de celulite e gordura localizada.

Como exercitar corretamente os glúteos?

Compostos por três músculos, glúteo maior, glúteo médio e glúteo menor. O primeiro é o responsável pelo tamanho geral do glúteo, enquanto o médio está no extremo superior do glúteo maior.

Já o menor, encontra se embaixo, no extremo inferior do glúteo maior. Ele é o responsável pela forma arredonda, característica da região.

Exercícios aleatórios não garantem o desenvolvimento desses 3 músculos, por isso é importante trabalhar cada um deles, e hoje vamos explicar como.

1. Agachamentos

 

Ele é o mais utilizado em academias, mas existem diversas formas de posturas para realizar o exercício adequadamente.

É recomendado que se faça sem peso inicialmente, e depois, aos poucos, introduzi-los. A forma ideal de realizar um agachamento é parado reto, com as pernas bem separadas.

Flexione os joelhos, sem que ultrapasse as pontas dos pés, enquanto joga o quadril suavemente para trás.  Abaixe até onde aguentar e volte para o início. Faça 5 séries de 10 repetições.

Caso sinta que a perna está tensionada, abra mais as pernas, pois isso dará mais trabalho para a região dos glúteos.

2. Agachamento máximo

É o ideal para aumentar os músculos interiores dos glúteos, podendo ser efetuado com peso de ambos os lados, seja halteres ou colocando um só pesinho entre as pernas separadas.

Pare reto, com a coluna ereta e separe as pernas. Dobre os joelhos em posição horizontal e paralelos e, com a ajuda do peso, abaixe. Você deve sentir uma pressão na zona dos glúteos quando abaixar. Faça 5 séries de 10 repetições.

3. Agachamento com salto

Variante do agachamento, no momento de subir, os joelhos se esticam dando um pulo. Impulsione o corpo até pular e sair do chão. Repouse por cerca de 10 segundos e volte a abaixar até completar a série de 5 minutos.

4. Afundo ou avanço

Pare de maneira ereta, com a coluna bem reta, e simule dar um passo, esticando a perna para frente. Com a ajuda de um peso ou um halter, segure-o nas mãos, com os braços esticados ao lado do corpo.

Flexione os joelhos, abaixe e volte a subir, sem sair da mesma posição. Faça 5 séries de 10 repetições.

5. Peso morto

Ótimo para exercitar a região inferior dos glúteos. Ele pode ser realizado com o peso ou sem ele, mas o recomendável é realizar com auxílio de halteres ou barras.

Incline os quadris para trás, flexionado ligeiramente as pernas. Mantenha esta postura por alguns segundos e depois relaxe. Preste atenção para contrair o glúteo, quando retornar para a posição inicial, isso trará mais resultados.

Caso usar pesinhos, colocá-lo diante de si, com os braços esticados ou ao lado do corpo. Faça 5 séries contendo entre 10 a 15 repetições. E não se esqueça de manter uma dieta saudável e hábitos de vida saudáveis!

Antes de fazer qualquer pratica física, consulte um profissional da área para indicar o mais adequado às suas necessidades.


Gostou? então deixe seu like!